Nossa História

A Rota do Rosário – Pastoral do Turismo Religioso

Breve História e Missão

Ao longo da história percebe-se que nas relações com o sagrado o homem sempre pôs-se a caminho, empreendeu jornadas, saiu de sua terra em busca de lugares que preenchessem as aspirações da alma, do coração e da mente. Assim sendo, a peregrinação tornou-se um ritual comum à maioria das religiões, e como bem nos lembra Dom Fernando José Penteado, a Rota do Rosário “é ecumênica, pois não exclui ninguém. Cada um pode contribuir com o seu brilho, o seu modo de participar. E isso vai enriquecer toda a comunidade”.

Atualmente, mais do que no passado, o ser humano precisa de lazer, descanso, mas também de uma experiência de Deus no contato com a natureza, no silêncio latente de lugares sagrados, de modo a equilibrar os desafios da vida cotidiana. Durante a peregrinação é possível que o homem tenha discernimento de si, de sua realidade e do mundo, e uma maior abertura para o entendimento espiritual, pelo tempo dedicado à introspecção e à oração.

O contato com natureza, com novas realidades das terras e gentes que cruzam (peregrino tem raiz do latim –  per agrum – através do campo) são elementos que contribuem para este encontro do homem consigo mesmo e com o Criador.

Breve histórico

A Rota do Rosário insere-se na Região Norte do Paraná a Campos Gerais e tem como objetivo a “Evangelização a partir dos Santuários e seus atrativos”.  Foi lançada em 2008, por Dom Fernando José Penteado  – Bispo Emérito da Diocese de Jacarezinho –  Párocos e Reitores de Igrejas e Santuários, com o apoio e acolhimento de leigos das comunidades, em resposta às propostas da CNBB em estruturar o turismo religioso  – já iniciadas pela Pastoral do Turismo –  sem desconsiderar aspectos do turismo secular, valorizando assim a cultura local e regional, gastronomia, artesanato, tradições, paisagens, pautadas no reconhecimento e respeito às peculiaridades de cada realidade.

Com a chegada de Dom Antonio Braz Benevente em 2010, buscou-se formalizar a proposta da Rota do Rosário e, em parceria com a Paraná Tur e Fecomércio, passos significativos foram dados no fortalecimento da identidade do turismo religioso, bem como na consolidação de um novo modo de evangelizar via Pastoral do Turismo.

Santuários e Atrativos da Rota do Rosário na Diocese

REGIÃO NORTE DA DIOCESE

Jacarezinho
Catedral Imaculada Conceição
Santuário da Mãe Rainha e Vencedora de Schoenstatt
Santuário de Nossa Senhora de Guadalupe
Mosteiro Preciosíssimo Sangue – Fraternidade o Caminho
Capela São Benedito
Museu D. Ernesto de Paula

Ribeirão Claro
Santuário Diocesano de São Vicente Pallotti

Bandeirantes
Santuário Diocesano de Santa Terezinha do Menino Jesus e da Sagrada Face
Santuário Diocesano de São Miguel Arcanjo
Museu Maria Calil Zambon (aguarde informações)

Ribeirão do Pinhal
Santuário do Divino Espírito Santo

Santo Antônio da Platina
Santuário de Nossa Senhora das Graças

REGIÃO CENTRO DA DIOCESE

Siqueira Campos
Santuário do Senhor Bom Jesus da Cana Verde
Museu Joaquim Vicente de Souza

Ibaiti
Santuário Eucarístico Diocesano do Sagrado Coração de Jesus

Tomazina
Santuário Diocesano Nossa Senhora da Conceição Aparecida e de Santo Inocêncio, Mártir

REGIÃO SUL DA DIOCESE

Arapoti
Igrejinha de São João Batista
Museu da Colonização Holandesa

Jaguariaíva
Santuário do Senhor Bom Jesus da Pedra Fria
Museu Histórico Municipal  Palacete Francisco Matarazzo (em breve)
Museu Ferroviário (em breve)

Palavras finais

Com o lançamento deste site (18.03.2017), que configura-se como o pulmão da Diocese de Jacarezinho pela divulgação de suas igrejas, santuários e outros atrativos, reafirma-se o compromisso de sermos guardiões deste patrimônio imaterial, que se encontra sob nossa tutela, em sintonia com a Campanha da Fraternidade 2017, que com tema é ‘Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida’ e o lema ‘Cultivar e guardar a criação’ (Gên. 2,15) nos exorta a cuidarmos também do patrimônio material.

Na região onde se encontra a Rota do Rosário, Norte do Paraná a Campos Gerais, além do riquíssimo patrimônio religioso, existem belezas naturais e culturais de toda ordem que merecem ser ‘cultivadas e guardadas’, desfrutadas e admiradas.

Seja você um peregrino da Rota do Rosário. Conhecer mais,  para amar e cuidar melhor!

Tudo sobre a Rota do Rosário, você vai encontrar aqui.


Apoio: